ISSN on-line: 2358-288X
Reprodução & Climatério Reprodução & Climatério
Reprod Clim 2017;32:39-42 - Vol. 32 Núm.1 DOI: 10.1016/j.recli.2016.05.003
Artigo de revisão
Células‐tronco oriundas do fluxo menstrual: possíveis aplicações
Stem cells derived from menstrual flow: possible applications
Gisela Rodrigues da Silva Sassoa,, , Michele Longoni Caliób, Luiz Fernando Portugal Fuchsc, Cristiane de Paula Teixeiraa, Ricardo Santos Simõesc, Rinaldo Florencio‐Silvaa
a Departamento de Morfologia e Genética, Disciplina de Histologia e Biologia Estrutural, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, SP, Brasil
b Departamento de Bioquímica, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, SP, Brasil
c Departamento de Obstetrícia e Ginecologia, Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP, Brasil
Recebido 29 Abril 2016, Aceitaram 16 Maio 2016
Resumo

Células‐tronco adultas estão presentes em diversos tecidos, inclusive no endométrio humano, e podem ser obtidas a partir do sangue do fluxo menstrual (MenSCs) de uma forma não invasiva. Devido à sua alta taxa de proliferação, baixa imunogenicidade e baixa tumorigenicidade, essas células podem ser usadas na engenharia de tecidos. Sob determinadas condições de cultura, elas podem ser induzidas a se diferenciar em várias linhagens de células. As MenSCs podem contribuir para a reparação dos tecidos por intermédio de vários mecanismos, destaca‐se sua grande promessa em aplicações clínicas. Além disso, as células‐tronco mesenquimais do endométrio podem ser usadas para o melhor entendimento da patogênese da endometriose e do carcinoma endometrial.

Abstract

Adult stem cells are present in several human tissues, including the endometrium. Menstrual blood derived stem cells (MenSCs) are mesenchymal stem cells that can be obtained in a non‐invasive manner. Due to its rapid proliferation rate, low immunogenicity and low tumorigenicity, MenSCs are used extensively in tissue engineering. They can be induced into multiple cell lineages under certain conditions. MenSCs contribute to tissue repair via several different mechanisms, highlighting their great promise in clinical applications. Endometrial stem cells may also be used to shed light on the pathogenesis of endometriosis and endometrial carcinoma. This review will cover recent progress in this field.

Palavras‐chave
Células‐tronco, Fluxo menstrual, Endométrio
Keywords
Stem cells, Menstrual blood, Endometrium
Reprod Clim 2017;32:39-42 - Vol. 32 Núm.1 DOI: 10.1016/j.recli.2016.05.003