ISSN on-line: 2358-288X
Reprodução & Climatério Reprodução & Climatério
Reprod Clim 2016;31:13-21 - Vol. 31 Núm.1 DOI: 10.1016/j.recli.2015.12.001
Artigo original
Comportamento do aborto induzido entre jovens em situação de pobreza de ambos os sexos – Favela México 70, São Paulo, Brasil, 2013
Induced abortion behavior among young people in poverty of both sexes ‐ Favela Mexico 70, Sao Paulo, Brazil, 2013
Rebeca de Souza e Silva, , Carmen L.B. Fusco
Departamento de Medicina Preventiva, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), São Paulo, SP, Brasil
Recebido 22 Outubro 2015, Aceitaram 06 Dezembro 2015
Resumo
Objetivo

Identificar o papel do aborto induzido no comportamento reprodutivo de jovens da favela México 70 comparado com resultados obtidos em inquérito anterior na favela Inajar de Souza, 2007.

Método

O presente inquérito foi delineado de sorte a entrevistar todos os jovens de 15 a 24 anos residentes na Favela México 70, em São Vicente (SP). A maioria dos jovens (94%) aceitou responder ao questionário. Foram entrevistadas 455 mulheres e 339 homens. Dentre esses, haviam iniciado a vida sexual 327 e 253, respectivamente. A análise, em um primeiro momento, refere‐se ao total de entrevistados e, posteriormente, apenas àqueles com vida sexual ativa. Na determinação do comportamento diferencial, por sexo, recorreu‐se ao teste qui‐quadrado no caso de variáveis qualitativas e ao teste t de Student para as quantitativas. Fixou‐se um p<=0,05.

Resultados

Tendo‐se como ponto de referência outro inquérito feito, nos mesmos moldes metodológicos, na favela Inajar de Souza em 2007, os achados mais relevantes, entre outros importantes, foram o da baixa prevalência de mulheres com aborto induzido e uma alta taxa de recorrência à contracepção de emergência.

Conclusão

É imprescindível que se desenvolvam estudos que aprofundem o conhecimento dos efeitos advindos da automedicação de contraceptivos, incluindo o contraceptivo de emergência, mesmo que esses contribuam para a redução de abortos induzidos.

Abstract
Objective

Identify the role of induced abortion on reproductive behavior of young slum Mexico 70 compared to results obtained in previous investigation in the slum Inajar de Souza, 2007.

Method

This survey was designed to interview all young people 15‐24 years old, living in the slum Mexico 70, in the municipality of São Vicente in Sao Paulo. The vast majority of young people (94%) agreed to answer the questionnaire. Altogether they were interviewed 455 women and 339 men. Among them, they had started sex life 327 and 253, respectively. The analysis, at first, refers to the total number of interviewees and then only to those with an active sexual life. In determining the differential behavior by sex, appealed to the chi‐square test for qualitative variables and the Student t test for quantitative. Has set itself a p<=0.05.

Results

Having as reference another survey in the same methodological manner in Inajar slum Souza in 2007, among other important, the most important findings, were the low prevalence of women with induced abortion and a high rate of recurrence of emergency contraception.

Conclusion

It is essential to develop studies to deepen knowledge of the effects arising from the self‐medication of contraceptives, including emergency contraception, even if these contribute to the reduction of induced abortions.

Palavras‐chave
Gênero, Aborto induzido, Aborto ilegal, Fatores socioeconômicos, Contracepção de emergência
Keywords
Gender, Induced abortion, Criminal abortion, Socioeconomic fators, Emergency contraception
Reprod Clim 2016;31:13-21 - Vol. 31 Núm.1 DOI: 10.1016/j.recli.2015.12.001