ISSN on-line: 2358-288X
Reprodução & Climatério Reprodução & Climatério
Reprod Clim 2014;29:66-70 - Vol. 29 Núm.2 DOI: 10.1016/j.recli.2014.08.005
Artigo de revisão
Contaminação microbiológica em laboratório de reprodução humana e suas implicações no sucesso da reprodução assistida
Microbial contamination in human reproduction laboratory and its implications on the success of human reproduction
Barbara Rosa Ribeiro Foizera,b,, , Kênia Rodrigues da Silvac, José Daniel Gonçalves Vieirad, Waldemar Naves do Amaralb,e
a Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO), Goiânia, GO, Brasil
b Departamento de Ginecologia e Obstetrícia, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, GO, Brasil
c Maternidade Dona Íris, Goiânia, GO, Brasil
d Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, GO, Brasil
e Sociedade Brasileira de Ultrassonografia (SBUS), São Paulo, SP, Brasil
Recebido 11 Julho 2014, Aceitaram 13 Agosto 2014
Resumo

A contaminação pode estar presente nas placas de cultivo de embriões advinda de várias origens, haja vista que os materiais coletados masculino e feminino não podem ser esterilizados. Esta contaminação pode comprometer a viabilidade dos embriões, causar infecção gestacional, trazer malformação fetal. Fungicidas e bactericidas são acrescentados aos meios de cultura na tentativa de conter este crescimento microbiológico. Outros métodos preventivos ainda em estudo devem ser avaliados. A contaminação deve ser identificada, para nortear a legislação vigente que regulamenta os protocolos executados durante a reprodução assistida, para garantir a proteção materno‐fetal contra microrganismos de importância patogênica. Deve‐se avaliar a interferência da contaminação para os embriões e fetos, na tentativa de se estabelecer causas e consequências específicas.

Abstract

Contamination may be present in the embryos culture arising from various sources boards, given that the materials collected male and female cannot be sterilized. This contamination can compromise embryo viability, gestational cause infection, bringing fetal malformation. Antifungal and antibiotics are increase to the culture media in an attempt to stop this microbiological growth. Preventive methods still under study should be evaluated. The contamination must be identified to guide the legislation that regulates protocols executed during assisted reproduction to ensure maternal fetal protection against pathogenic microorganisms of importance. Should evaluate the interference of contamination for the embryos, fetuses and infants, in an attempt to establish specific causes and consequences.

Palavras‐chave
Contaminação biológica, Laboratórios, Desenvolvimento embrionário, Gravidez, Fertilização
Keywords
Biological contamination, Laboratories, Embryonic development, Pregnancy, Fertilization
Reprod Clim 2014;29:66-70 - Vol. 29 Núm.2 DOI: 10.1016/j.recli.2014.08.005