ISSN on-line: 2358-288X
Reprodução & Climatério Reprodução & Climatério
Reprod Clim 2015;30:140-7 - Vol. 30 Núm.3 DOI: 10.1016/j.recli.2015.11.001
Artigo de revisão
Ooforectomia e risco de diabetes
Oophorectomy and risk of diabetes
Thayanna Alves Pereira Gonçalves, Camila Hermida Villar Ramos, Leila Cristina Soares, , Marco Aurélio Pinho de Oliveira
Disciplina de Ginecologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Recebido 20 Outubro 2015, Aceitaram 01 Novembro 2015
Resumo
Objetivos

O diabetes mellitus está entre as principais causas de morte em mulheres na pós‐menopausa. A ooforectomia bilateral, muitas vezes oferecida concomitantemente à histerectomia, promove, além da interrupção abrupta da produção dos estrogênios, a redução dos androgênios que continuariam a ser produzidos pelo ovário na menopausa natural. Tais alterações hormonais podem ter repercussões próprias e tornar a paciente ooforectomizada mais suscetível a numerosas doenças crônicas, dentre elas o diabete. O objetivo desse estudo é revisar a literatura disponível sobre risco de diabete atribuível à ooforectomia.

Métodos

Foi feita uma revisão da literatura com pesquisa em banco de dados do PubMed sobre o risco de diabetes mellitus em relação à ooforectomia, à menopausa natural e à orquiectomia.

Resultado

O diabete é fortemente associado à ooforectomia na maioria dos estudos. Em relação à menopausa natural, a maioria também mostrou aumento de risco condicional ou independente. Os androgênios parecem oferecer um papel protetor na resistência à insulina.

Conclusão

Apesar de mais estudos serem necessários para conclusões definitivas relativas à associação entre ooforectomia e o risco de diabete, as evidências atuais apontam para um aumento de risco de diabete em mulheres ooforectomizadas.

Abstract
Objectives

Diabetes mellitus is among the main causes of death in postmenopausal women. Bilateral oophorectomy, commonly offered together with hysterectomy, promotes, in addition to the abrupt interruption of estrogen production, the reduction of the androgens that would continue to be produced by the ovary in natural menopause. Such hormonal changes can have their own repercussions, making the oophorectomized patient more susceptible to numerous chronic diseases, among them diabetes. The objective of this study is to review the available literature about the risk of diabetes attributable to oophorectomy.

Methods

A literature review was performed, searching in the Pubmed data bank about the risk of diabetes mellitus related to oophorectomy, natural menopause and orchiectomy.

Result

Diabetes is strongly associated with oophorectomy in most studies. Related to natural menopause, the majority showed an increase in conditional or independent risk. Androgens appear to offer a protective role in insulin resistance.

Conclusion

In spite of the need for more studies to reach definitive conclusions related to the association between oophorectomy and risk of diabetes, current evidence points to an increased risk of diabetes in oophorectomized women.

Palavras‐chave
Diabetes mellitus, Ooforectomia, Menopausa, Androgênio
Keywords
Diabetes mellitus, Oophorectomy, Menopause, Androgen
Reprod Clim 2015;30:140-7 - Vol. 30 Núm.3 DOI: 10.1016/j.recli.2015.11.001