ISSN on-line: 2358-288X
Reprodução & Climatério Reprodução & Climatério
Reprod Clim 2014;29:71-9 - Vol. 29 Núm.2 DOI: 10.1016/j.recli.2014.09.001
Review article
Violence against women during pregnancy: sistematized revision
Violência contra a mulher durante a gravidez: revisão sistematizada
Maria Misrelma Moura Bessaa,b,, , Jefferson Drezetta,b, Modesto Rolimc, Luiz Carlos de Abreua
a Laboratório de Delineamento de Estudos e Escrita Científica, Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), Santo André, SP, Brazil
b Núcleo de Programas Especiais, Hospital Pérola Byington, São Paulo, SP, Brazil
c Universidade Federal do Cariri (UFCA), Juazeiro do Norte, CE, Brazil
Recebido 28 Agosto 2014, Aceitaram 03 Setembro 2014
Abstract

Violence against women is widely recognized as a serious public health problem. The pregnancy is a risk factor for increasing the violence, especially when it is related to socio-economic conditions. The objective of this work is to ascertain the relation between violence against women during pregnancy in developed countries and in developing countries. It was performed a systematized review. It was proceeded a search of the literature through online databases MEDLINE and SciELO in December 2013, only with articles published between January 1, 2003 and November 30, 2013. The following descriptors were used for searching on the database “domestic violence” (Medical Subject Headings [MeSH]); “violence against women” (Health Sciences Descriptors [DeCS]); and “pregnancy” (Keyword). The Search strategies resulted in 71 studies. After analysis of the titles and abstracts of articles found for eligibility based on inclusion criteria, 43 articles were deleted and 28 articles were included in the final sample. The study revealed the predominance of researches developed about violence against women during pregnancy in developing countries, strengthening the strong socio-economic character related to victims and aggressors.

Resumo

A violência contra a mulher é amplamente reconhecida como grave problema de saúde pública a gestação se configura em um incremento ao risco de violência, especialmente quando relacionada a condições sócio- econômicas. O objetivo desse trabalho é verificar a relação entre a violência contra a mulher na gestação em países desenvolvidos e países em desenvolvimento. Foi realizada uma revisão sistemática qualitativa. Procedeu-se busca na literatura através de bases de dados on line MEDLINE e SicELO em dezembro de 2013, limitando-se a artigos publicados entre 1 de janeiro de 2003 e 30 de novembro de 2013. Utilizaram-se os seguintes descritores para a busca na base “domestic violence” (descritor Medical Subject Headings [MeSH]); “violence against women” (descritor em Ciências da Saúde [DeCS]); e “gravidez” (palavra-chave). As estratégias de buscas resultaram em 71 estudos. Após análise dos títulos e dos resumos dos artigos encontrados para elegibilidade com base nos critérios de inclusão, 43 artigos foram excluídos e 28 artigos foram incluídos na amostra final. O estudo revelou a predominância de pesquisas desenvolvidas acerca da violência contra a mulher na gestação em países em desenvolvimento, fortalecendo o forte caráter sócio-econômico relacionado às vítimas e aos agressores.

Keywords
Violence against women, Domestic violence, Pregnancy
Palavras-chave
Violência contra a mulher, Violência doméstica, Gravidez
Reprod Clim 2014;29:71-9 - Vol. 29 Núm.2 DOI: 10.1016/j.recli.2014.09.001